Apresentação

Meu nome é Wanderley Filho, sou historiador sem história e jornalista sem diploma. Trabalho como colunista de política de rádio, internet e televisão. Não entro em detalhes porque este espaço foi criado justamente para escapar dos limites do ofício profissional, pelo qual tenho grande paixão, mas que é focado em determinados fatos do cotidiano.

Aqui o objetivo é outro. Quero deixar registrado alguns escritos em abordagens diversas, testar alguns formatos e estilos, criar ficção e pensar, nelas, sobre interesses outros, mais pessoais. Brincar com a sintaxe, mas sem exotismos. Eu sempre busco a elegância, o que não significa apego cego às formalidades da letra ou do discurso, a ortodoxia que cheira a mofo. Um espaço para a poesia, esse modo de sentir que teima em sobreviver, e para os contos, uma paixão retomada recentemente.

Quem me conhece pode estranhar esse lado, digamos, diferente. Quem não conhece, seja bem-vindo. Agradeço a visita e espero criar laços de sintonia com pessoas que escrevem e leem porque gostam e precisam. Escrever, para mim, não é fácil, é luta, é revisão, é estar de frente a impasses, é técnica e emoção. É, sobretudo, uma necessidade e uma brincadeira.

Grande abraço,

Wanderley Filho.

Anúncios